13 de mar de 2013

Minhas máquinas

Bom dia!
Acordei hoje pensando "mas que coisa, comecei o blog na segunda-feira e já pulei um dia de postagem ..."
Mas a desculpa que eu posso dar é que "foi por um bom motivo"!
Ontem eu recebi a minha máquina de costura nova e, logicamente, eu fiquei instalando e namorando a novidade...

Então, hoje vou mostrar minhas queridas!

Até uns dois anos atrás eu era uma daquelas pessoas que achava que a máquina de costura "mordia" a gente, pois cresci com uma por perto e a minha mãe sempre esteve disponível pra me ensinar... E eu nada de dar bola!
Aí como o mundo dá voltas, eu aprendi a costurar fora de casa e quando eu vi que estava na hora de ter uma máquina de costura, minha mãe me deu a dela.

O mais legal é saber que esta máquina está na minha família há 50 anos e funciona muito, muito bem!
Apresento a vocês a Velhinha!


A Velhinha foi a primeira máquina de costura da minha mãe, ou seja, já costurou muito nessa vida! A sensação de tê-la aqui funcionando é muito boa, uma sensação de continuidade, sabe? Já costurou roupa pra minha mãe, pra mim e agora eu costuro pras meninas da minha família, como a minha afilhada!

Ela só costura reto e está quase toda original, inclusive o móvel de madeira com os pés de ferro que eu adoro! Só foi trocada a chapa da agulha e foi colocado um motor elétrico. Os pontos são sempre perfeitos e só tenho trabalho com ela quando ela cisma de não querer mais costurar se eu não lubrificá-la e deixá-la quieta por uns dias, rs!

Apesar de eu ser super feliz com a Velhinha, eu comecei a sentir falta de uma máquina que fizesse acabamentos (pois não dá pra resolver tudo com a costura francesa), que facilitasse na hora de fazer coisas sem ser à mão como casear e fazer ponto invisível e que aguentasse tecidos mais espessos (o espaço abaixo do pé calcador da Velhinha é pouco, o que atrapalha, por exemplo, fazer barra de calça jeans).

E aí decidi comprar uma máquina nova que fosse robusta e que atendesse esses pontos. Depois de muito pesquisar e pedir opiniões, cheguei à conclusão que a Facilita Pró da Singer era a melhor opção.


A Novinha chegou ontem depois de 10 DIAS de espera (O Sr. Correio já foi bem melhor, né?! Dez dias pra mandar uma caixa de Jundiaí pra São Paulo? Como pode? #desabafo) e só fiz uns testes com o ponto reto e com o ziguezague. Os pontos decorativos e flexíveis eu ainda não consegui testar...

Agora um monte de coisas que eu pensava em fazer mas estava limitada ao ponto reto da Velhinha vão poder sair do papel, estou bem animada!

E você? Quem é sua companheira de costura?
Vou adorar saber!

Beijo!

4 comentários:

  1. Katia, a minha você conhece, é uma Brother CE4000 que você já até pilotou. Acho ela ótima, nunca me deu problema é fácil de manusear e super leve, tanto que eu levava na mochila para as aulas de costura! Eu super recomendo para quem quer começar nesse mundo maravilhoso da costura que tanto adoramos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      Eu gostei muito da sua máquina! Obrigada por compartilhar a marca e o modelo por aqui!
      A minha Novinha é bem pesada (tem uns 9kg enquanto as demais costumam ter cerca de 6kg), mas como não devo tirá-la do lugar dela não vejo problema...
      Beijo e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. parabéns pelas maquinas
    http://becaeyel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails