29 de jun de 2016

Minha máquina de overloque - Singer Ultralock 14SH754 - 2 anos depois

Olá!

Aqui estou eu para contar como foi o segundo ano de uso da minha máquina de overloque. Os posts sobre máquina de costura são sempre bastante acessados aqui no blog, então resolvi manter esta avaliação periódica!

Estou com a minha Encantada em uso há um pouco mais de dois anos (o post sobre os primeiros meses de uso é este e sobre o primeiro ano de uso é este), sendo que o nome oficial dela é Ultralock 14SH754, da Singer.

Aproveitei para dar uma olhada geral nos comentários destes primeiros posts sobre a overloque e também reunir algumas informações por aqui!

 Minha Singer Ultralock 14SH754


Manuseio

Neste segundo ano de uso, peguei o jeito de passar as linhas e acertar a tensão, que varia conforme os tecidos e também quantas camadas estão sendo passadas ao mesmo tempo. Nas fotos abaixo, o tricoline de algodão (azul claro florido) está duplo e a flanela de algodão (xadrez e vermelha) está com uma camada só. Continuo testando tudo com um retalho antes de passar a peça definitiva na máquina, para garantir e acertar algo quando preciso.

Eu diria que o maior "pulo do gato" deste segundo ano foi não usar mais fios de overloque e substituí-los por cones grandes de linha, já que consomem bastante. Os fios quebravam muito e, de vez em quando, eu tinha problemas para acertar a tensão deles quando passava tudo de novo.

Eu acredito que, para uso doméstico, os fios vêm em muita quantidade, aí eles acabam ficando velhos e sem resistência. No ano passado, eu já havia me queixado dos fios vermelhos que quebravam o tempo todo. E, para dar uma ideia, em praticamente dois anos de uso, eu nunca usei um cone de fio até o final. Imagina se estes fios que tenho em casa já não estão velhos?

Desde que passei a usar linha no lugar dos fios (que algumas amigas das costuras já faziam e me recomendaram, inclusive), tudo ficou mais fácil e sob controle!

Quando eu fazia aulas de corte e costura com a Lurdes, eu levava quatro retrózes pequenos de linha na cor do tecido para usar a overloque do ateliê, assim não corria o risco de não ter fios e linhas na cor correta. Quando você achar que a cor é muito específica, é algo que você pode fazer!

Já se é uma cor que você vai usar um pouco mais, você pode colocar dois cones grandes de linha nos lugares onde se passam os fios e dois retrózes pequenos de linha onde já se usam linhas.

Agora, para as cores bem básicas, como preto e branco, por exemplo, você pode colocar quatro cones grandes de linha!

Para o overloque em preto, até alguns dias atrás, eu estava usando dois cones grandes de linha no lugar dos fios e dois retrózes pequenos onde já usava linha. Mas isso foi até as linhas pretas que eu tinha acabarem, pois agora ficarão com quatro cones grandes.

Overloque em uso só com linhas.

Ficou mais fácil de deixar os pontos certinhos!

Aqui dá para ver a frente e o verso do tecido com acabamento apenas com linhas.

As dicas básicas de uso, passagem de linhas, limpeza e lubrificação da máquina que mencionei nos outros dois posts continuam valendo!


A Overloque Substitui uma Máquina Reta?

Esta pergunta já apareceu nos comentários e eu resolvi dar uma atenção para ela aqui. Existem três itens que respondem a esta questão:
1. Para costurar malhas, você pode unir partes diretamente com a overloque. Ou seja, a overloque vai costurar e arrematar ao mesmo tempo, mantendo a elasticidade da malha.
2. Para tecidos planos, o ideal é usar a overloque apenas para o acabamento das bordas. Então, neste caso, ela não substitui uma máquina reta. 
3. Para dar acabamento nas peças de malha, é necessário ter outra máquina para costurar as barras (uma galoneira, se o uso for industrial) ou uma reta/doméstica com agulha dupla.


Avaliação Geral

- A máquina é resistente, forte e muito estável, não apresentou nenhum problema desde que a comprei.
- É uma máquina mais barulhenta que as concorrentes, mas só me dei conta depois de usar uma outra overloque em aulas em outro ateliê. De qualquer forma, o barulho não interfere no desempenho da máquina.
- Tive problemas com o uso de fios, mas depois que passei a usar linhas, não tive mais problemas.
- Costurei malhas variadas neste período, com uma ou mais camadas e deu tudo certo!
- O ajuste de tensão das linhas continua sendo feito conforme cada projeto, não há uma regra ou tensão "padrão". Então o teste antes de passar a peça definitiva é fundamental. Se alguma das linhas não está certinha, o jeito é ir ajustando aos poucos, até o ponto ficar correto.
- Usei a máquina para fazer acabamentos de tecidos planos, normalmente passando uma camada só de tecido e deu tudo certo também. O tecido mais grosso que passei foi o jeans, mas também fiz acabamento em veludo, por exemplo.
- A manutenção e a limpeza têm sido fáceis e a máquina atende bem o que eu costumo costurar.


Espero que a minha Encantada continue cumprido bem a sua função aqui no ateliê!

Beijos e boas costuras!

11 comentários:

  1. Oi Katia,

    queria saber com vc se essa máquina tem que acoplar numa mesa ou fica em cima de uma bancada, como uma maquina de costura reta?

    To vendo de comprar uma over e precisava de uma de por em cima da mesa, se existir rsrsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      A minha máquina não tem gabinete e tem uma alça para ajudar no transporte, então dá para colocar sobre uma mesa qualquer para usar!
      As máquinas que costumam vir com gabinetes são as industriais, as máquinas domésticas dificilmente vêm com eles, assim fica mais fácil de acomodá-las em qualquer espaço!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
    2. Obrigada Flor! To contando os dias pra comprar! Vou comprar essa!
      Beijos!

      Excluir
    3. Oi, Carla!
      Espero que a sua máquina realize seus desejos costurísticos!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
  2. Oi Katia :)
    Gostei muito do seu blog, bastente esclarecedor. Recebi a minha overlock singer ha dois dias e realmente estou tento uma dificuldade infinita para ajustar a tensão da maquina. Imaginando que eu vou precisar ajustar a cada troca de tecido, me d´at´€ uma preguicinha rsrsrs mas tirando isso é realmente uma maquina muito boa.
    Parabéns pelo blog =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kelly!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      A parte do ajuste da tensão vai ficando mais fácil conforme você for usando a sua máquina mas, sim, ela pode variar de tecido para tecido ou com a quantidade de camadas que você vai passar. Mas com um tempo tudo tende a ficar mais fácil!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Katia! Tenho uma overloque dessas "chinesinhas". Não entendi direito o que tu quis dizer com "não usar mais fios de overloque e substituí-los por cones grandes de linha". Eu uso as linhas overloque (cones grandes, com a linha meio "felpuda") em dois locais e na linha que vai na agulha, uso essas linhas de máquina reta, doméstica (assim me instruíram na loja que comprei a máquina). Acho ok o resultado, não percebo essa coisa de arrebentarem ao ficarem velhas, com as linhas de overloque. Concordo que ajustar a tensão do ponto é chatinho, então evito ao máximo! O problema maior é que minha máquina tem bastante dificuldade em costurar uma única camada de tecido, fica horrível. Daí, levei um "baile" para fazer as bainhas de uma blusa de malha (viscolycra), pois não consegui fazer o acabamento das bordas com a overloque e como não tenho como usar agulha dupla, pois minha máquina reta é antiga, acabei dobrei a barra e passando ziguezague. Confesso que não ficou lá essas coisas, mas não tive ideia melhor. Ao menos estou usando o blusa e já pretendo fazer outras! Obrigada por compartilhar tuas costurices! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thais!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      As quatro linhas que uso agora em minha overloque são iguais. São as mesmas linhas que vão nas agulhas. Caso você não tenha problemas com os fios (os mais felpudos, como você mencionou), não sei se é preciso trocar.
      Quanto ao uso da agulha dupla, veja se não tem como mesmo usar uma em sua máquina reta, para as máquinas domésticas o encaixe da agulha dupla é igual ao encaixe de uma agulha comum.
      Um acabamento possível para as malhas é mesmo usar um ziguezague, pois assim você não perde a elasticidade da malha.
      Espero que suas costuras continuem com força total!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
  5. será que eu sou unica que comprou uma maquina dessas e não deu sorte, a minha não costura de jeito nenhum...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cida!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      É um pouco difícil saber porque a sua máquina não está trabalhando corretamente, mas já tentou limpar, lubrificar, repassar as linhas e conferir se as agulhas estão boas? Às vezes, com uma checagem dessa, acaba resolvendo!
      Caso contrário, não deixe de procurar uma assistência técnica ou mecânico de confiança, assim você não ficará com a sua máquina parada!
      Espero ter ajudado!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails