30 de set de 2013

Costuras da Semana!

Olá!

Promessa é dívida e nesta semana eu tenho costura prontinha pra mostrar!

Primeiro, terminei meu vestido Hawtorn, ufa! Aproveitei que o tecido dele não é muito fino para estreá-lo ontem, nesse tempinho esquisito que tem feito em SP, num almoço com amigos queridos em casa.

Look do dia de ontem para receber os amigos.

Os últimos passos para concluí-lo foram todos feitos à mão: fazer a barra com ponto invisível e colocar os botões. Gostei do conjunto todo, dos detalhes em azul, dos botões grandes e também é muito confortável.

Na aula de costura, o vestido para o casamento andou mais um pouco. Ele já está montado e sofreu alguns ajustes no decote, nas cavas e no quadril para assentar bem. Esta semana vou começar a montar o forro, estou amando!

Foto rápida durante a prova do vestido na última aula, para dar ideia do vestido...

Na aula de Patchwork, terminei a minha toalha. Ficou de "lição de casa" fazer o quilt à mão, coisa que eu gosto taaaanto! Entre 6a feira e sábado fiz tudo, ficou linda!

Frente lindona!

E verso lindão!

Detalhe do quilt à mão em volta do passarinho e do quadrado listrado.

E detalhe do quilt à mão no motivo central deste bloco e também do desenho de folhas das bordas.

Já estou imaginando usá-la por cima de uma toalha de algodão cru que temos em casa e também para ser minha toalha de piquenique nos passeios com o marido!

Então, oficialmente está concluída a etapa básica das aulas de Patchwork, os próximos projetos serão mais avançados. O legal é que, sabendo montar essa toalha, posso usar o conhecimento para montar uma colcha, oba!

O próximo projeto será fazer um conjunto para cozinha com avental, luva de forno e puxa-saco. Os materiais já estão escolhidos, em tons de azul turquesa, marrom e cinza.

E a costura da vez, para dar um descanso nas roupas, é fazer minha boneca Tilda. Achei um livro em português (!!!) na Livraria Cultura e com ele resolvi as minhas dúvidas em relação à montagem dela. Logo a mocinha de tecido deve aparecer por aqui!

Os hexágonos da colcha andaram mais um pouco, aproveitando que dá para fazer debaixo das cobertas (vem primavera!), rs! Em breve vou mostrar também o destino de alguns hexágonos que serão "roubados" da colcha para um outro projeto aqui em casa... Saldo de rosetas estampadas até o momento: 55 (de 146).

Que esta semana também seja muito produtiva!
Beijos e boas costuras!

25 de set de 2013

Livro do Mês - Costure!

Olá!

Chegou a hora de contar sobre um dos livros mais fofos que eu tenho: "Costure!" da Cath Kidston.
Assim como sou muito fã da Liberty, essa marca inglesa também tem lindezas de encher os olhos (e esvaziar os bolsos, rs)!!!

Para a nossa alegria, alguns dos títulos que Cath Kidston já publicou foram lançados no Brasil em português (assumo que às vezes tenho preguiça de praticar costurês em outra língua, rs), então fica mais fácil de achar. O preço, se comparado com o cobrado em libras, é compatível.

O único que eu tenho é o "Costure!", mas nas férias fiquei de olho em um que tinha acabado de ser lançado por lá, que contava a história da própria Cath Kidston, mais com foco em empreendedorismo (assunto que também muito me interessa). Não comprei porque não tenho dado conta dos livros que tenho pra ler e já tinha uns três na mala me esperando pra ir pra casa...


Enfim, este livro é uma graça e tem boas explicações para quem está começando a costurar. Os projetos são lindos e alguns até se complementam e podem ser coordenados por usarem temas em comum (flores, pássaros, cachorro). Por exemplo, o mesmo pássaro que serve de molde para dois móbiles  e para sachês, serve também para aplicação em almofada, toalha de mesa e quilt de berço. Eu gosto bastante disso!

Seguindo o grande sucesso de "Faça!", Cath Kidston compilou projetos de costura fabulosos e simples para os amantes desta arte colocarem suas agulhas em ação - bolsas, almofadas, quilts e muitas outras ideias. Todos os projetos são feitos com seus populares tecidos estampados. 
Acompanha uma folha de papel quadriculado, contendo moldes fáceis de copiar e em tamanho real, para todos os projetos de costura do livro. 

O que o livro oferece está aqui embaixo:

Básico: 
- Equipamento essencial
- Máquinas de costura
- Fazendo os moldes
- Bainhas e bordas
- Costuras
- Fechos
- Laços e alças
- Aplicações e quilts
- Detalhes decorativos

Projetos:
- Para a casa:
Almofadas (5 tipos)

Quilt de corações

- Para a cozinha:
Jogo americano
Guardanapos
Pano de prato
Meio avental de adulto
Capa para ovos (muito inglês isso, rs)
Toalha de mesa
Luva de forno

- Organização e itens de uso pessoal:
Bolsa para pregadores
Sachês de lavanda
Cabides encapados
Travesseiro de lavanda
Bolsa térmica
Touca de banho
Bolsas e sacolas (5 tipos)

Carteira em Quilt (essa eu já fiz)
Necessaires (2 tipos)
Porta-jóias
Capa para iPod
Estojo para óculos.

- Para costura e afins:
Estojinho de costura
Bolsa para tricô
Estojo de agulhas

- Infantil:
Aventais para menina e menino
Quadro do Stanley (cachorrinho mascote da marca)
Quilt de berço
Cobertor de aviões
Pufe

O livro tem fotos lindas, que deixam com vontade de costurar todos os projetos.
Eu já fiz a carteira em quilt, usei o molde de passarinho para aplicação na toalha que estou fazendo na aula de Patchwork e peguei as instruções para montar os hexágonos da minha colcha no projeto da bolsa para tricô.

Hexágonos "old school"

Minha carteira em quilt. 
O tecido florido e o botão forrado também são da Cath Kidston.

O passarinho do livro foi parar na aplicação da minha toalha de Patchwork.

Deu para notar que este livro está mais do que aprovado, não é?
Mas eu acho que ainda vou usar muito mais!

Beijos!

Serviço:
Livro: Costure! - Designs Exclusivos de Cath Kidston para fazer mais de 40 projetos simples de costura
Autora: Cath Kidston (fotos por Pia Tryde)
Editora: Ambientes & Costumes Editora (em português)
Ano: 2012
Site

24 de set de 2013

Liberty - uma declaração de amor (finalmente!)

Olá!

Já deixei muitas pistas do meu amor pela Liberty aqui no blog. Mas para comemorar a chegada da primavera, resolvi mostrar tudo, escancaradamente, hihihi!

Eu acho que os londrinos amam muito as flores. O ano inteiro, independente se está frio ou calor, têm flores por toda a cidade, eu acho isso lindo. E por isso, acho justo que a marca que faz as estampas florais mais lindas que existem seja de lá.


Floreiras na fachada da Liberty.

Eu namorava coisas da Liberty à distância antes mesmo de começar a costurar. Faz tempo que arrematei alguns lenços de seda vintage que eu adoro usar. Quando estive em Londres pela primeira vez, em 2011, tinha começado a costurar há pouco tempo. Comprei 2 metros de tecido da família das estampas clássicas e levei uns bons meses para criar coragem e cortar. No fim das contas (e algumas aulas de apoio), deu tudo certo e um dos meus vestidos mais queridos até hoje está no meu guardarroupas.

O vício foi me pegando de jeito e, depois dos lenços vieram os tecidos, vestidos, coisas para costura, livro, Melissa e tênis Nike. Se eu tiver que definir algo externo que me represente, eu diria que são cores e flores, eu realmente amo muito!

Minhas peças com tecidos Liberty. 
A segunda e a quarta foram compradas prontas lá mesmo. 
O restante eu costurei.

Na última viagem, além dos hexágonos que eu contei aqui, trouxe mais estas três estampas:
Flores, pássaros e barcos (sim!)

O mais legal é que o atendimento tipicamente britânico do pessoal da loja me deixa ainda mais animada, quando a vendedora te ajuda a encontrar uma estampa que te agrade e ainda te conta um pouco de história dela. Aliás, este é outro ponto forte da Liberty: o prédio tem história, as estampas também e por aí vai. É um jeito de manter a tradição sem deixar de ser atual. Acho muito difícil errar usando flores, sempre vai ter uma que agrade desde quem é mais discreto e até quem não é.

E não são só as estampas maravilhosas, o tecido é super macio, não desbota com a lavagem e o registro de cores e contornos é perfeito! Até hoje só comprei cotton lawn (que por aqui seria algo como algodão penteado) e popeline. Um dia chego na parte de seda, crepes e afins (oremos, rs).

Outra coisa que eu acho muito legal são as colaborações. Tenho um vestido de uma parceria com a Levi's, uma Melissa Ultragirl e um Nike de cano alto, todos cheios de flores. As colaborações atuais são com o estilista Marc Jacobs e com as marcas Kenzo e Barbour.

Eu suspiro sempre com os emails sobre costura!


E agora eles tem um email mensal sobre costura, já estou inscrita. O primeiro foi este abaixo, onde relacionaram tudo o que eles tem para costura, tem até vídeo sobre a impressão dos tecidos!


Como a paixão nunca termina, confesso que já estou de olho nesse livro aqui, que acabou de ser lançado:


Enfim, esse amor parece ser pra sempre, então acho que você ainda vai ler alguma coisa sobre a Liberty aqui de vez em quando, rs!

Beijos e muitas flores para você!

23 de set de 2013

Costuras da Semana!

Olá!

As costuras desta semana estão todas "em progresso", mas pode deixar que na semana que vem terei coisa pronta para mostrar!

Meu vestido Hawtorn está quase pronto, já que eu tive um "enrosco" com o caseador da minha máquina. O "estalo" para resolvê-lo só me ocorreu na 6a feira, durante a aula de Patchwork, então ele ficou parado por uns dias...

Explico: Escolhi colocar no vestido botões que não são chapados, eles são ovalados, a base é bem menor que a parte de cima. Como a gente tem que encaixar um botão naquela sapata usada para casear, a casa ficava muito maior do que devia porque o botão não entrava direitinho no espaço que serve de guia para o tamanho da casa... O "estalo" foi de procurar em casa um botão retinho mais ou menos do diâmetro desse que eu decidi usar e mandar ver nas casinhas... Na tarde de 6a feira, logo depois da aula de Patchwork, eu testei e deu certo, ufa!

As 11 casinhas estão feitas, com seus respectivos botões pregados, falta só fazer a barra!

Fazendo as casas...

... e colocando os botões.

Na aula de costura, continuei o vestido para o casamento dos meus amigos.
A parte de cima já está costurada, cortei a parte de baixo e nesta semana vou provar e juntar tudo definitivamente. A parte seguinte será fazer o forro.

Continuando o suspense de não mostrar tudo, rs, lá vai uma cena da aula, em que uma das gatinhas da minha professora me fez companhia (o vestido é este da parte de baixo da foto):

Não é uma fofura?!

Na aula de Patchwork, coloquei a barra que faltava para "emoldurar" a toalha de mesa. Aprendi a fazer aplicação com termocolante e dar acabamento com ponto caseado à mão. Escolhi um dos motivos que mais adoro, passarinhos (que ganharam olhos feitos com nó francês, mestra Tati me ensinou também). Os próximos passos serão fazer algo a mais pros passarinhos não ficarem soltos (pézinhos, talvez um galho pra cada) e montar o forro. 

Aplicação em progresso.

A colcha andou mais um pouco essa semana, aproveitei a noite de 5a feira (com muitos shows do Rock In Rio para assistir) para formar as rosetas que faltavam daquela leva que separei um tempo atrás. Agora voltei a fazer hexágonos para formar novas rosetas mais adiante. Saldo de rosetas estampadas até o momento: 55 (de 146).

Ah, não esquece de curtir a página do blog lá no Facebook! Sempre que possível estou colocando imagens de tecidos e afins, postando os textos novos do blog e repostando alguns textos mais antigos. Logo menos vou postar um link para o Bazar Ó Gente que vai acontecer no sábado!

Beijos e boas costuras!

19 de set de 2013

Vamos nos permitir!

Olá!

Eu sou uma pessoa movida a música desde pequena. É um combustível na minha vida, de verdade. Assim como todo mundo, tenho os gêneros e artistas/bandas do coração, mas me permito ouvir coisas diferentes.

Eu amo rock, ouço Beatles e Elvis desde quando estava na barriga da minha mãe, por influência do meu pai. Minha banda do coração para todo o sempre é o Red Hot Chilli Peppers, com Ramones ali na cola. Mas eu AMO a Beyoncé. E, pra mim, gostar de um não exclui o outro.

Nesses dias de Rock in Rio reiniciaram as chatices de "É Rock in Rio mas cadê o rock?", "isso aí, tá certinho a Beyoncé estar no Rock in Rio"... E por aí vai.

Entra edição e sai edição a ladainha é a mesma. A diferença é que nas décadas passadas não tinha rede social para dar espaço às "patrulhas". Eu acho tão fácil não se ligar a isso... se não gosta, não assiste. Desde que este festival foi criado nos anos 80, ele nunca foi exclusivo do rock. E qual o problema?

Eu não gosto de funk, mas adorei ver a Beyoncé e seus dançarinos incríveis dançando "Ah, Lelek Lek". Porque foi divertido, apenas isso. Gosto até mais dela depois disso e torci para ela repetir isso aqui em SP (pena que não aconteceu, mas o show foi perfeito mesmo assim!).

 

Aí a gente vê que essa "patrulha" que ainda vai rondar por mais 4 dias de festival (talvez hoje não, pelas atrações roqueiras do dia) existe para um monte de coisa: se comer carboidrato, não emagrece; gordinhos(as) só devem usar cores escuras, listras horizontais nem pensar; costurar e fazer crochê é coisa de vovó; se você ouve tal tipo de música e gosta de alguns artistas de outros gêneros tem alguma coisa errada.

É engraçado que, para poder formar uma imagem que seja legal para os outros, tanta gente se vale desse raciocínio. Simplesmente pelo fato que todas as coisas todas do mundo estão aí para serem apreciadas e testadas. Uma coisa vai completando outra. Como aprender a fazer pontos invisíveis à mão nas aulas de Patchwork e aproveitar o conhecimento para fazer uma barra impecável num vestido. É tudo costura, são conhecimentos que se complementam.

Eu passei por praticamente uma overdose de Beyoncé na última semana, quase deixei o marido doido, rs! Ele foi comigo ao show aqui de São Paulo apenas para me acompanhar, mas eu vendi a ideia que ele iria se divertir bastante, basicamente por eu acreditar que ela é uma artista completa, linda, simpática, que dança e canta muito. Que a produção é das mais caprichadas. E pra mostrar que não tem problema admirar aquele corpão cheio de ginga e o cabelão esvoaçante.

Essa patrulha é chata e eu tenho procurado viver longe dela, mas não é tarefa fácil. Eu mesma já me peguei fazendo isso ao criticar a modinha de usar camiseta de banda de rock (porque dava para ver na cara que a pessoa estava usando por conta da modinha, não porque gostava da banda). Hoje em dia eu estou procurando deixar pra lá. Se eu não gosto, desvio minha atenção para outra coisa.

Assim como eu não vou parar de comer pão nos dias em que eu ando de bicicleta só porque a dieta da moda mais recente prega isso. Porque andar de bicicleta é mais importante para mim do que ficar paradinha em casa sem comer pão. Eu como o pão com gosto e gasto logo em seguida. E se queimar calorias a mais que as do pão que eu acabei de comer eu estou no lucro, pois fiz uma atividade que eu amo e ainda dei um passinho a frente para perder peso. Essa é a minha opinião, mas é lógico que esse tipo de dieta funciona para muita gente. O bom é poder escolher!

Eu deixei de acompanhar as coberturas de semana de moda, coisa que eu sempre adorei fazer. Faz tempo que eu não vejo nada que me apaixone de verdade, então não perco mais o meu tempo. As revistas de moda estão com a leitura cada vez mais atrasada, porque a cada "must have" que eu leio, mais eu me desinteresso. Porque acho chato ser mandatório. Eu não tenho que ter tantas coisas, ainda mais se não forem a minha cara ou se forem descartáveis.

E aí você encontra um tanto de gente que quer se vestir exatamente igual como as blogueiras de moda, que quer usar a cor ou a estampa que todo mundo está usando. Com a oferta de tanta coisa ao mesmo tempo, vem a pergunta: Cadê a individualidade, minha gente?

Hoje em dia ver gente que faz blogs e instagrams mais "vida real" como da Oficina de Estilo ou do Hoje eu vou Assim OFF tem sido mais produtivo e me ajuda a combinar de maneira diferente as roupas que eu já tenho, sem me fazer comprar mais. Dá também ideias de como aproveitar melhor as coisas que eu costuro.

Camisa jeans adquirida depois de ver esse post
Eu tenho uma saia linda esperando por uma boa ocasião para ser estreada, com a camisa, lógico!
Enquanto isso, a camisa está sendo bem usada com outras peças do armário, inclusive com o shorts que fiz recentemte.

Pantalona costurada depois da leitura do livro da Oficina de Estilo, bem diferente do que já tenho no armário e que virou peça querida.


Sou uma pessoa dos modelos clássicos, mas deixo com a minha cara ao usar estampas e cores que combinam comigo. Aproveito determinadas "modas" para incrementar algo que realmente gosto (como o eterno tema náutico, que sempre aparece nos tempos de calor). E de vez em quando eu me permito fazer coisas bem diferentes do habitual. Às vezes eu gosto do resultado e às vezes não. Se é roupa, é só trocar. Se for maquiagem, é só limpar o rosto e fazer diferente. Se for música, muda para a próxima. Se não gostou do show do dia, deixa pra lá. Eu desejo que todo mundo (inclusive eu) "patrulhe" menos os outros e se divirta mais. A vida anda melhor assim, né?!

Como diria Lulu Santos (sim, eu também gosto):
"Vamos viver tudo que há pra viver. Vamos nos permitir!"

Beijos!

17 de set de 2013

Agora no Facebook!

Olá!

Desde ontem, este modesto blog tem também uma página no Facebook.
Quero deixar por lá o conteúdo que escrevo aqui, além de inspirações, eventos legais que estejam para acontecer e tudo mais!



https://www.facebook.com/costurakatiacostura


Passa lá também para fazer uma visita e curtir?


Beijos!

16 de set de 2013

Costuras da Semana!

Olá!

Esta última semana foi incrível! Muita coisa fluindo, tempo decentemente distribuído entre as coisas todas para fazer, um bom tanto de diversão... uma delícia!

E lógico que teve costura, rs!

Primeiro foi a carteira em quilt que eu postei semana passada. Já estou levando para as aulas e a lindinha fez o maior sucesso! E o mais importante, acomodou bem os meus materiais. Valeu muito a pena este projeto vapt-vupt!


Depois, terminei a minha pantalona na aula de costura. Saí usando no dia seguinte. Desculpe a qualidade da foto, mas pra variar da sala de casa, pedi pro marido tirar foto com o celular no shopping, no lugar mais deserto que encontramos pq tenho vergonha, hihihi!

Look do dia 
(acho que não levo jeito pra isso, rs!)

Fora esse desconforto da hora da foto, a calça é uma delícia de usar e bem diferente do que eu tenho costume de vestir, acho que vou fazer mais uma depois!

Por estar bem quente aqui, achei que iria passar calor usando a calça pois a malha é um pouco pesada, mas não aconteceu. Provavelmente pela modelagem ser mais ampla, ficou até fresquinho. Acho que na próxima vez que eu usar (talvez amanhã, rs) eu vou tentar uma combinação bem Coco Chanel: a calça combinada com camiseta listrada e sapato bicolor. Porque clássicos são clássicos por um bom motivo, né?! Se ficar bom, tiro foto e posto depois!

Resolvida a pantalona, lá fui eu começar meu vestido pro casamento dos meus amigos. Acho que nem vai demorar tanto para ficar pronto, mas antes terminar com folga do que perder o prazo e ter que vestir um "plano B", né?!

Começamos a parte de cima, depois de um friozão na barriga na hora de cortar! Mas só vou mostrar detalhes quando ele estiver realmente com cara de vestido, ok?

Vestido de festa começando a tomar forma!

Um parênteses rápido nas costuras para contar que um dos meus pequenos sonhos teve progresso esta semana: comecei a ir para a academia de bicicleta! Olha, meu coração estava acelerado no percurso fora da ciclovia, mas valeu super a pena! Já chego aquecida, fujo do trânsito, faço só a musculação na academia e volto feliz da vida para casa com a minha companheira!

Não é linda? Adoro minha bicicleta!

E quem está feliz, costura mais feliz! Lá fui eu continuar meu vestido Hawtorn. As coisas andaram bem, falta pouco para terminar: colocar as mangas em definitivo (estão só alinhavadas), fazer o fechamento de botões (medo!) e fazer a barra. São etapas trabalhosas, ainda assim espero terminar esta semana.


No curso de Patchwork continuei o centro de mesa. Fiz o bloco que faltava e trabalhei os entremeios. Depois virão as bordas, aplicações e o quilt para finalizar.


Gosto muito da combinação de estampas e das cores.

E a colcha? Ficou praticamente parada, tadinha... Só cortei novos hexágonos de tecido que sobraram do shorts verde e do top peplum, mas isso conta também, né?! Saldo de rosetas estampadas até o momento: 52 (de 146).


Agora tem mais um link na parte de cima do blog, sobre Aulas de Costura. Aliás, fiz o post da Fon Fin Fan cedinho e, chegando lá para a aula, tinha uma novidade: cada turma agora pode ter até 6 participantes pois Tati e dona Lucia providenciaram mais duas máquinas Janome novinhas! Já atualizei as informações do post de 6a feira!


Em breve colocarei mais posts de outros lugares, aguarde.

E semana passada eu postei todos os dias da semana, outra coisa que me deixou muito feliz!

Beijos e boas costuras!

13 de set de 2013

Aulas de Costura - Ateliê Fon Fin Fan

Olá!

Pra falar a verdade, este post estava pronto faz tempo. Mas resolvi esperar a reforma e reabertura da Fon Fin Fan para publicar, assim não precisaria atualizar depois.

Já estou no último projeto do curso básico de Patchwork do ateliê, ansiosa pelo avançado. Como estou amando todos os projetos, o local, as pessoas e tudo por lá, vou dar mais detalhes por aqui. Aos poucos eu vou fazer posts de outros lugares que conheço e que já visitei, ok?




Local: Ateliê Fon Fin Fan - loja e ateliê de Patchwork
Tipo de aula: Cursos básico e avançado de Patchwork. O módulo básico é composto por 4 projetos que usam os blocos ensinados: bolsa com alça, lugar americano com bolso para talheres (um par), capa para almofada (um par), caminho de mesa. O módulo avançado possui 3 projetos: conjunto para cozinha (avental, pegador e puxa-saco), conjunto de três necessáires e kit ateliê de costura (com 5 peças).

Projetos do módulo básico (à esquerda) e do módulo avançado (à direita).

Precisa saber costurar para fazer? Não. Se você não souber costurar, os passos de como usar uma máquina e como unir tecidos, por exemplo, são explicados. Nos projetos em que outros recursos são utilizados, como fazer pontos invisíveis à mão, estes também são explicados.
Tem algum material incluso? Apostila impressa. Não precisa trazer os materiais maiores como base de corte, régua para Patchwork e máquina de costura.
O que precisa levar? Alfinetes, lápis, borracha, tesoura para tecido, calculadora, cortador circular (próprio para Patchwork) e desmanchador de costura. Os tecidos e a manta acrílica podem ser trazidos de casa ou comprados no local, é opcional.
Horas por aula: uma aula de três horas por semana.
Participantes por turma: até 6.
Que mais? São até 6 participantes por turma e as aulas são dadas pela Tatiana e pela mamãe Dona Lucia, ambas muito fofas, super tranquilas e pacientes. Elas buscam ensinar a montagem dos blocos de maneira bem sistematizada, o que ajuda a não montar fora da ordem planejada.
O ateliê dispõe de 4 máquinas domésticas da Sun Special e 2 da Janome em bom funcionamento além de duas mesas "king size" onde ficam as bases e réguas para cortar os tecidos.

Espaço do curso de Patchwork, grande e iluminado.

O ambiente é muito gostoso e acolhedor. A loja é integrada ao ateliê, com detalhes e produtos lindos por todo o lado, então dá para comprar materiais para as aulas e outros itens prontos, a maioria usando tecidos, como bolsas, acessórios, itens para a cozinha, itens encadernados ou feitos com cartonagem e caixas em marchetaria, ótimos para presentear também.
Aceitam cartão de débito e crédito.

Muitas belezuras à venda.

Mais belezuras e o espaço para o café.

Espaço para o café.

Para mim foi uma ótima surpresa ter um lugar tão legal para aprender Patchwork na região que eu moro, pois sempre fiz aulas longe de casa. Estou conhecendo mais pessoas que costuram na região e prestigiando o trabalho super competente desta dupla dinâmica e muito querida!

Não é uma ótima oportunidade para quem é da zona sul para aprender a costurar e fazer Patchwork?

Mais fotos da reabertura do espaço neste post e agora os cliques das novidades que fiquei babando:

Flores lindas com vários materiais.

Acessórios.

Latas decorativas (existe amor em SP sim, eu concordo!)

Só não levei essa almofada linda porque um dos meus cachorros ia adorar destruir os corações, um a um...

Belezuras em marchetaria.

Serviço:
Fon Fin Fan - loja e ateliê
Av. Feliciano Correia, 374, Interlagos 
(perto da estação Autódromo da CPTM - linha 9 - Esmeralda)
Telefone: (11) 5666-5065
Site

Beijo!

12 de set de 2013

"Fábrica de Botões" da Cath Kidston

Olá!

No post de 3a feira eu contei rapidinho que tinha estreado uma compra das férias que, eu assumo, dava até para passar sem, mas achei tão fofo que não aguentei, rs!

Comprei uma "fábrica de botões" forrados Cath Kidston. Para variar, só que não, tudo da marca é lindo e fofo! Só de olhar a parte de costuras e afins do site para poder escrever este post já estou babando de novo... Por isso tudo é que essa caixinha linda veio parar em casa.


Foto: site Cath Kidston

O kit contem material suficiente para preparar 25 botões forrados de 2,7cm de diâmetro. O que eu achei interessante é que o tecido para forrar é uma tira única com várias estampas em versões menores das que você costuma achar para vender na loja e assim aparecem bem nos botões.
Foto: site Cath Kidston

O único botão que fiz foi aquele da carteira em quilt. Achei fácil de interpretar as instruções (em inglês), que são acompanhadas de ilustrações. O manuseio é simples e o botão ficou bem feito!


Vamos ver com o tempo onde vão parar os outros 24 botões, rs!

Fofura testada e aprovada!
Beijos!

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails