3 de dez de 2014

Costurar compensa?


Olá pessoas!
Como vão?

Andei pensando bastante sobre o assunto de hoje e achei que seria interessante falar sobre o tema. Tenho assistido a vários tutoriais em programas de TV e a cursos online que envolvem costura e esse assunto sempre vem a tona. Não exatamente a relação custo x benefício, mas geralmente o tema é: como faço para colocar preço no meu projeto pronto?

Gente, eu não tenho resposta a essa pergunta, mas acho muito importante refletirmos a respeito. Veja bem, quando falo sobre o preço do projeto, não me refiro apenas aquelas peças feitas para vender, mas sim em tentar entender quanto sai uma peça feita por suas mãos, mesmo que seja para uso próprio.

Não fica caro costurar? O preço dos tecidos é tão caro!
Eu acredito exatamente no contrário.

Em primeiro lugar, quando você faz um projeto de costura, ele é único e exclusividade geralmente tem um alto preço. Digamos que a gente esqueça esse pequeno (mas não menos importante) detalhe.

Um corte de tecido nobre como uma seda ou uma lã pura pode ter um preço que julgamos alto, mas se parar para pensar, ele dará origem a uma peça de vestuário que, ao ser comparada a similares (eu disse similares, porque a sua é única mesmo), sairá por uma fração do preço, acredite em mim. Isso sem mencionar os retalhos que sobram e podem se transformar em outros trabalhos!

Falando com a Katia sobre o assunto, ela me contou uma história muito bacana:
“Tempos atrás fui em uma loja de tecidos que gosto muito para procurar materiais para alguns projetos específicos: uma capa e uma saia de lã, mais uma blusa de seda.

Cheguei lá com as fotos e especificações em mãos e comecei a pirar nas opções (quem nunca?). Escolhi um a um com muito carinho. No final saí com três tipos de lã, para a capa e para duas saias – teve um tecido que eu não resisti e levei a mais – e a seda para a blusa.

Na hora de somar tudo... R$ 800,00, depois de uma pechinchada. Pensei: “Caramba! Tô ferrada! Rs! Respirei fundo e passei o cartão de crédito.

Depois tive que voltar na loja para comprar os forros para a capa e para as saias, que na empolgação eu tinha esquecido, gastei mais uns R$ 100,00.

Mas se eu parar para fazer uma conta rápida, quando é que eu compraria 4 peças prontas, de boa qualidade, exclusivas, com as minhas medidas, por este preço de R$ 900,00?

E lá tem capa de lã para vender no Brasil? E se tiver, vai saber quanto custa!

Lógico, aqui estou entrando no detalhe dos valores dos materiais, mas também levei tempo em aula (que também é paga) e em casa para fazer estas peças. E tempo é dinheiro, é verdade.

Só para ilustrar, no inverno passado eu cheguei a ver saias de babados que não chegavam nem perto da qualidade da que eu fiz sendo vendidas a R$ 500,00. Aí foi que caiu a ficha que os R$ 900,00 foram bem gastos, pois com eles eu faria 4 peças de roupas, mesmo que aqui não esteja entrando o fator tempo.

Entra também a satisfação ao final de cada projeto, que valeu cada centavo e cada minuto de trabalho! São as minhas peças mais elegantes para o inverno e eu adoro usar cada uma delas! Fiz para durar muito tempo, o que faz valer ainda mais a pena!"
Sem contar que em sua peça você pode se esmerar nos acabamentos e viajar em sua criatividade nos detalhes. Isso para mim tem um valor inestimável.

Somando-se a alegria que a costuroterapia traz a vida da gente e a euforia de vestir um vestido novinho, feito por você, acho que a peça industrializada perde feio nessa relação custo x benefício.

Mesmo que seja para vender, por ter tantas características especiais como as citadas acima, você julgue caro um projeto artesanal de costura, ele continua ganhando da peça industrializada, porque foi feito com todo carinho e acredito que temos nos dias de hoje temos mais é que valorizar o trabalho artesanal.

Não sei se convenci vocês, mas espero que tenha contribuído um pouco para a reflexão sobre o assunto!

Beijoca,
Ana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails