24 de mar de 2016

Exposição "Arte na Moda: Coleção MASP Rhodia" - Eu fui!

Olá!

Eu queria muito ter colocado este post no ar enquanto a exposição ainda estava em cartaz, mas não consegui (sempre tenho tanto papo para colocar em dia, né?! Rs!). De qualquer maneira, preciso deixar registrado aqui no blog, porque foi muito legal! Eu visitei a exposição "Arte na Moda: Coleção MASP Rhodia" e adorei o que vi!

Contexto histórico

A Rhodia promovia apresentações incríveis em conjunto com estilistas e artistas plásticos para mostrar seus tecidos. Até onde eu li nas plaquinhas, eram todos tecidos de fibras sintéticas, já que a Rhodia é uma indústria química, que também está presente no setor têxtil. Estilistas e artistas brasileiros eram convidados a criar peças com estampas e modelagens exclusivas para estas apresentações.

As peças por conta disso eram únicas, lindas e super com a cara do Brasil e das décadas em que foram feitas. O acervo foi doado pela Rhodia ao MASP em 1972 e a coleção ficou esse tempo todo guardada, até que parte dela foi devidamente "desencaixotada" e ficou em exposição no museu entre outubro de 2015 até fevereiro passado.

A Rhodia continua no mercado de fibras têxteis (como poliamidas e tecidos inteligentes) até hoje, pena que não fazem mais os desfiles-show! Como ainda não existiam as semanas de moda como estamos acostumados a ver hoje em dia (e às vezes até cansados de ver, rs), tudo acontecia na Fenit (Feira Nacional da Indústria Têxtil), que eu acho que ainda existe também, mas não com a grande visibilidade dos anos 60 e 70. 

Na minha opinião, de quem observa como consumidora de tecidos e também de roupas prontas, essa diminuição da visibilidade da Feira seria explicada pelo fato que a indústria têxtil nacional certamente deve ter encolhido nos tempos de valorização do Real (e por isso tanta roupa de fora tem sido vendida aqui, assim como tecidos, comentei primeiro aqui). Mais uma vez, essa é uma observação minha, como consumidora de roupas prontas e de tecidos e de quem pesquisou um pouquinho por curiosidade para poder escrever este post.

Veja que, ao contrário do que vemos hoje, quem promovia o desfile era a empresa fabricante dos tecidos. Estilistas e artistas eram convidados para fazer peças lindas e criativas com eles e assim gerar demanda pelos tecidos ao explorar as possibilidades deles. Atualmente nós vemos várias marcas que desfilam as roupas que são criadas por seus estilistas, mas normalmente não ficamos sabendo quem fabricou o tecido utilizado.

Exposição

Enfim, voltando à exposição, muitas modelagens lindas, estampas incríveis em tecidos que deram conta do recado tanto no caimento quanto no efeito de cores e texturas. Várias peças poderiam sair hoje em dia nas ruas, sem o menor perigo de parecer datado e isso foi o que eu achei mais incrível!

Eu vou mostrar alguns dos modelos que eu mais gostei, preciso confessar que vi tudo, subi, tomei um café, sentei um pouco, desci e olhei tudo de novo, nos mínimos detalhes! #alokadomuseu

Separei aqui as fotos dos macacões (e uma saia-calça), pois ando meio que viciada neles. Alguns parecem vestidos, outros parecem conjuntos de duas peças, veja o tanto de modelagens maravilhosas!















 

Na verdade, eu queria mesmo era colocar todas as peças aqui, mas o post ficaria gigantesco! Aqui vão mais algumas peças que adorei!

 Vestido curtinho com bordado de pedraria


 Esse vestido longo tinha um efeito visual lindo, composto pelos tecidos estampados sobrepostos!

Blusa quimono maravilhosa!

Buscando mais informações sobre este acervo - como bem definido neste documentário, "é uma coleção de moda feita por artistas" - e sua história, encontrei esse documentário muito legal, contado por pessoas que viveram essa fase tão interessante da nossa moda!

Para quem não pôde visitar os modelitos pessoalmente, vale a pena assistir!

Inspirações

Eu adorei ver as modelagens, namorei as estampas e as peças com tecidos em camadas, criando efeitos muito especiais. Observei também os acabamentos, como os zíperes normais cobertos por vistas dos próprios tecido das respectivas peças, já que os zíperes invisíveis (que nem sempre gostamos de colocar mas que adoramos como eles "somem" nas roupas depois de prontas) foram inventados tempos depois.

Muitas saias-calça (ou shorts-saia? rs!), modelos fluidos, recortes bem posicionados, calças amplas, vestidos curtinhos, ou seja, muita variedade de modelagens para ver e se inspirar. Depois de visitar uma exposição dessas, a vontade é de sair fazendo várias modelagens e costurando loucamente, rs!

Saí da exposição super inspirada, louca para fazer um macacão com saia-calça bem estampadão, sabe? Espero concluir este projeto antes do inverno chegar!

Para ter mais informações aqui comigo, comprei o catálogo da exposição, com boas fotos e referências dos modelos expostos, além de contar a toda a história envolvida. 

Espero que outras exposições voltadas à moda aconteçam em breve!

Beijos!

2 comentários:

  1. Amiga que demaaaaaissss!!! Babei muito, cada coisa mais linda!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, miga!
      A exposição estava maravilhosa mesmo! Quase que eu coloco todas as fotos no post, rs!
      Beijos!
      Katia

      Excluir

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails