14 de abr de 2016

Fashion Experience - uma instalação para pensar sobre a moda

Olá!

Já faz um tempo que esta instalação passou alguns dias montada na calçada da Fiesp, lá na avenida Paulista, mas creio que ainda está em tempo para falar sobre ela. O pessoal do Fashion Revolution Brasil (que eu conheci através do documentário The True Cost, contei sobre ele aqui) fez um trabalho muito legal, uma experiência rápida mas impactante sobre como a indústria da moda funciona para praticar preços tão baratos: o Fashion Experience.


Fashion Experience

Lá da calçada, uma vitrine bonita, bem iluminada e chamativa. Lógico que indica também "preços inacreditáveis". Poderia ser a vitrine de qualquer fast fashion que a gente conhece, certo?


Logo ao lado, uma entrada levava aos bastidores da bela vitrine: um local um tanto escuro, fechado e abafado; uma projeção mostrava uma mulher costurando incessantemente, em looping: para aquela vitrine existir, havia por trás um trabalho cansativo e sem fim. Não precisei ficar muito tempo lá dentro para entender que eu estava num ambiente que parecia uma oficina de costura chamada de sweatshop.

Ao sair desta parte, você chegava à parte final, com frases encorajadoras de uma revolução, com dados referentes ao trabalho brasileiro na indústria têxtil (com alguns dados positivos!) e era convidado a publicar uma foto em suas redes sociais questionando "quem fez as minhas roupas?".


Clique na imagem que ela aumenta, vale a leitura!

Eu não tinha feito o vestido que estava usando no dia, mas comprei de uma marca do Rio que adorei conhecer - a Biombo - no Mercado de Estilistas Independentes (contei aqui), que já é uma situação bem diferente da vivenciada ali naquele espaço.

Eu sugeri para eles terem também uma placa "eu fiz minha roupa"!

Uma das frases que mais chamou minha atenção!


Fashion Revolution Week - 16 a 24 de abril

Para quem se interessa por esse assunto, nos próximos dias o Fashion Revolution Brasil fará uma série de eventos em muitas cidades brasileiras para promover o Fashion Revolution Week, para promover a moda e o consumo conscientes.

O dia 24 de abril foi escolhido como a principal data da iniciativa por ser o dia em que o edifício Rana Plaza, que abrigava oficinas de costura em Bangladesh, desabou em 2013, deixando mais de 1.133 mortos e 2.500 feridos.

Por mais que a gente esteja num movimento diferente de muita gente, pois estamos aqui costurando e produzindo muitas peças artesanais, nós também fazemos parte desta indústria. Por isso mesmo eu vou participar, quero me informar mais para poder fazer mais!

A agenda dos eventos está na página do Facebook do Fashion Revolution Brasil, não deixe de conferir!

Beijos e boas costuras conscientes para você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails