20 de mai de 2014

Tildite

Sim, fui acometida por essa doença de forma aguda e, pelo que comentam nos blogs, sem cura. Estou completamente viciada em Tildas!!!

Há muito tempo tinha visto essas bonecas (compridas, fininhas e sem boca; apenas olhinhos minúsculos e bochechas rosadas) pela internet afora e em algumas feiras de artesanato. Achei engraçadinha, mas não dei muita bola.

Escutei algumas colegas comentando o quanto elas são demais, mas não me chamou a atenção mesmo. Foi então que, pensando em um projeto de costura com minha mãe, comecei a fuçar exaustivamente sites e blogs sobre bonecas de pano (farei um post sobre esse assunto). Eis que me deparo com um molde de uma Tilda gordinha: foi amor a primeira vista! Na mesma hora comecei a ler o tutorial e a pensar em quais paninhos poderia usar para fazer a bendita bonequinha, mas tive que conter minha ansiedade por não ter nada parecido com cor da pele em casa... fui dormir pensando na bonequinha.

 
Os dois livros de Tilda que comprei (contra-indicados para quem não quer se viciar: nem nas bonecas, nem nos livros, que são incrivelmente lindos!!!).

Em cerca de 40 minutos a minha primeira Tildinha, a gordinha, estava pronta... aí já era, né?! A vontade era de partir pra segunda na mesma hora, mas mãe, dona de casa, cientista tem horários restritos de costura (tremendo de abstinência, rs).


Outra noite que fui dormir pensando nas bonitas... mil idéias na cabeça, um desfile de bonecas. Dia seguinte não deu outra: mais uma Tilda. Dessa vez magrinha, com um molde adaptado para minha primeira idéia: uma Tilda Sereia! Encontrei algumas pela internet, mas nada do meu agrado então desenhei meu molde e adaptei as costuras para a minha própria criação e adivinha? Amei o resultado, mais viciada do que nunca. Difícil é resistir a tentação de ficar o dia todo na máquina vivendo apenas de “bonecar”... tantas idéias, me aguardem! 

Por enquanto, deixo vocês com fotos das minhas preciosas, o molde da minha sereia e com uma alerta: não comece a “tildar”que isso vicia na hora!



Beijoca!

Update: Após preparar esse post, participei do patch encontro com Lu Gastal (post aqui), que aconteceu aqui em São Paulo, onde fizemos a Tilda Frida Kahlo e trouxe pra casa essa riquezinha aí. Impossível descrever a felicidade, sou grande fã de artes plásticas e a Frida é a minha pintora favorita, paixão total!


Além da minha mini pintora mexicana, fiz também uma dorminhoca, em homenagem ao meu eterno sono de mãe, pois nunca durmo o suficiente! E por último, repeti a sereia, porque a primeira, era presente para uma aluna querida, mas acabou raptada pela minha sobrinha junto com a gordinha. Como dizer não? O jeito é botar a mão na massa e repetir a boneca, né?

 Minha pequena dorminhoca e minha segunda sereia, agora mais bem feita e embelezada, com flor no cabelo, top com botão e cintinho retrô. Mal posso esperar para embelezar a próxima!

Tenho algumas idéias de Tildas que nunca vi por aí e estou doida para por em prática, então aguardem mais bonequinhas por aqui. É, pelo jeito a doença não tem mesmo cura... ainda bem!

+ beijos pra vocês!
Ana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails