2 de jan de 2014

"Um belo dia resolvi mudar..."

"... e fazer tudo o que eu queria fazer." - disse a maravilhosa Rita Lee nos anos 70 em uma das minhas músicas favoritas.

Nem sempre a gente só consegue fazer o que quer, as obrigações estão sempre por aí, tomando nosso tempo e atenção. Mas quando a gente faz o que quer da vida, as obrigações pesam menos, eu acho! Terminei 2013 feliz por ter decidido mudar de vida lá atrás e hoje consigo ver que estou trilhando um caminho mais certo.

Quando eu era mais nova, eu me imaginava chegando aos 30 anos como uma mulher séria, de tailleur preto e scarpin, maquiagem “nada”, profissional de sucesso e de carreira bem resolvida, casada e com dois filhos, naquela função de muitas mulheres de equilibrar a carreira e a família.

Por muita sorte a minha, eu imagino, boa parte disso não aconteceu, rs! Aos 34 anos eu não uso roupas caretas de escritório, meu armário só tem o que eu quero vestir, virei uma ruiva de franja na testa, da maquiagem colorida, tatuada, casada sim, mas com dois filhos cachorros. Abri mão de uma carreira no sentido mais tradicional da palavra para viver uma vida em que fazer algo gratificante tomou lugar da ambição por um alto cargo.

Cheguei nesse ponto da vida "adulta" com amizades tão verdadeiras como as que eu tinha na adolescência, aquele tipo de amizade com uma cumplicidade tão grande que eu achei que quando fosse adulta eu não poderia mais ter ou manter por conta das obrigações e da rotina.

Numa cidade com tantos problemas e com tanta barbaridade acontecendo o tempo todo como São Paulo, eu terminei 2013 sendo surpreendida positivamente por um monte de gente. Meu coração inicia esse novo ciclo cheio de amor, esse tanto de gente mostrou que é possível ser legal, companheiro, gentil e correto nos dias de hoje. Eu sou uma otimista, desde sempre. Eu ainda acredito nas pessoas, principalmente naquelas que escolhi para ter por perto.

Então 2014 chegou e, como muita gente faz, eu também tenho as minhas resoluções. Algumas são muito pessoais e vou guardá-las só para mim, mas as outras eu vou compartilhar aqui no blog:
  • Costurar regularmente. 
  • Costurar materiais novos e diferentes (no algodão eu já devo me considerar graduada, rs) 
  • Ter uma máquina de overloque. 
  • Terminar a minha colcha de hexágonos. 
  • Postar no blog regularmente. 
  • Fazer e enviar cartões de Natal. 
  • Estudar alemão regularmente. 
  • Ler mais livros (tenho uma pilha me esperando) e jogar menos joguinhos viciantes. 
  • Ligar para os amigos no aniversário (ou... deixar menos mensagens no facebook). 
  • Conhecer um lugar deserto no mundo e viver do silencio dele mesmo que seja por pouco tempo. 
  • Fotografar mais. 
  • Frequentar a academia e/ou andar de bicicleta regularmente. 
  • Perder os quilos que faltam em nome da minha saúde (porque manequim 38 eu só vesti quando tinha uns 10 anos de idade, rs. A encanação com o tamanho da etiqueta não existe mais na minha vida desde que passei a costurar minhas roupas, com as minhas medidas, não importando o tamanho). 
Em resumo, quero melhorar o que já está bom na minha vida e mudar o que ainda não está bom. Continuar a deixar o "ter" em segundo plano e o "viver" em primeiro. Costurar faz parte do viver, então quero um ano muito movimentado nessa parte, assim o blog será bastante movimentado também.


Bora (re)começar?

Feliz 2014!

Beijos e boas costuras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails