26 de jan de 2016

Costuras "Vapt-Vupt" de Final de Ano!

Olá!

Este post é para contar uma produção no melhor estilo "costuras da semana" misturada com "costura vapt-vupt"!

Entre o final do dia 29/12 e o final do dia 30/12 eu fiz três peças de roupas! Como saiu tudo tão rápido? Eram projetos simples, que eu já tinha feito antes (ou seja, já estava por dentro do processo de como fazer) e que os moldes estavam praticamente prontos para usar. Eu já tinha também todo o material em casa e não precisei sair para comprar nada, uma maravilha!

O primeiro projeto foi fazer um vestido para usar na virada do ano. Enrolei até onde deu por conta da dúvida do que fazer e que tecido usar. No fim das contas, fiz um novo vestido Laurel, da Colette Patterns, sem mangas. O primeiro que fiz é este aqui.

As alterações em relação ao primeiro vestido que fiz foram:
- O tamanho do vestido mudou, para menor.
- Fiz o vestido sem mangas, arrematando as cavas com viés do próprio tecido, virado para dentro.
- Passei o zíper invisível para a lateral (o projeto original indicava colocar o zíper no centro das costas). Antes de fazer essa mudança, testei no vestido mais antigo se ele passava pela cabeça sem abrir o zíper e deu certo.
- Fiz todos os acabamentos (de cavas, decote e barra) à máquina, para agilizar o processo todo.

As mudanças de mangas e zíper foi por um motivo: queria cortar o mínimo possível a estampa, que é enorme e forma um barrado. Este tecido é um algodão lindo comprado em Berlin faz tempo (post aqui) e eu tinha que fazer a peça encaixar certinho na altura deste desenho. Deu certo!

 Vestido pronto!

Detalhe do decote e das cavas, todas acabadas com viés do próprio tecido. 

As pences das costas não atrapalharam o desenho, ufa!

Feliz em terminar este vestido a tempo de usar no Réveillon, fiz duas novas peças de malha. Cheguei ao meu terceiro top cropped Astoria (da revista Seamwork), rs! Modelos que a gente ama é assim mesmo, né?! Aqui está o primeiro e aqui está o segundo.

Usei a versão de mangas compridas para o moletom mostarda com efeito de matelassê que comprei na viagem de novembro (post aqui). Usei o molde mais folgadinho que tinha tirado para o top em moletom cinza para que pudesse usar por cima de outras blusas ou camisas.

 
Segunda peça do dia pronta!

Detalhe do decote.

 Mangas compridas, acabadas com costura com agulha dupla.

Por último, uma nova camiseta Plantain, da Deer and Doe. A primeira camiseta que fiz com este molde está aqui. Como o tecido que eu tinha era suficiente apenas para uma camiseta com mangas curtas, assim ela foi feita. Tanto o moletom mostarda quanto esta malha linda de viscose foram compradas para estes projetos.


 Mangas curtas que ficaram fofas!



Eu estava "de mal" da minha overloque no dia (a relação de amor e ódio continua...), então todas as peças foram costuradas na minha Novinha, com o acabamento do vestido feito em ziguezague e com as peças em malha costuradas com ziguezague quase retos e agulha específica para malha.

Fiz alguns Snaps neste dia para contar mais e também ter uma noção de tempo destas produções. Foi um dia delicioso de costuras, dá só uma olhada:

Se o vídeo não estiver aparecendo, o link para o vídeo é este aqui.

Assim, pude entrar de férias com peças novas para usar. São simples, mas especiais por conta dos tecidos utilizados, foram feitas sem grandes trabalhos e aproveitando tanto tecidos quanto moldes que eu já tinha em casa! Isso vai ao encontro do que contei no post de costuras mais econômicas, fiquei muito satisfeita por manter os planos de continuar a costurar sem gastar muito ou desnecessariamente!

Gostou? Nos próximos dias eu mostrarei a estreia de cada peça!

Beijos!

5 comentários:

  1. Oi Katia! Tenho acompanhado seu blog há alguns meses e gosto muito de ver suas novas criações! Estou terminando o curso de costura do Senac agora e suas peças simples (que é oq mais uso na vida!) me inspiram muito!
    Só fiquei na dúvida quanto aos tecidos das blusas mostarda e a cinza: são tecidos planos? Pq nas aulas a professora falou que para malha seria necessário utilizar a colarete e a overloque, e não a máquina doméstica comum..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tatiana!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      Fico feliz que esteja gostando do conteúdo do blog e também das peças que tenho costurado!
      Sobre os tecidos, sim, ambos são malhas. Para fins profissionais, as máquinas indicadas pela sua professora são necessárias. Para uma produção doméstica, você pode usar uma máquina doméstica sim, atentando apenas para não usar o ponto reto (e sim um ziguezague quase reto), para não forçar as costuras de um tecido com elasticidade. Vale também usar agulha "ponta bola" para costurar malhas. O acabamento feito em galoneiras pode ser substituído por uma agulha dupla na máquina caseira.
      Espero ter ajudado!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
  2. Amei todos, de novo. Esse laurel com estampa de pavão ficou sensacional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patricia!
      Eu amei todas as peças também! Já foram todas estreiadas e logo menos vão aparecendo por aqui, assim como foi com o vestido Laurel! Aliás, ele veio bem a calhar no verãozão que está fazendo!
      Beijos e boas costuras!
      Katia

      Excluir
  3. Amei todos, de novo. Esse laurel com estampa de pavão ficou sensacional!

    ResponderExcluir

Olá!
Temporariamente, para uma manutenção do blog, a publicação de novos comentários está suspensa.
Em breve esta função estará reabilitada.
Neste período, peço entrar em contato através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/costurakatiacostura/
Retornaremos com o maior prazer!
Obrigada pela compreensão!
Beijos e boas costuras!
Katia e Ana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails